18.10.05

a volta pra casa

hoje acordei muito cedo - 5h30 no horário local -, arrumei a zona que estava na minha mala, tomei banho e fui passear perto do hotel depois do café - nada de ovos ou bacon, só sucrilhos com morango, basicamente. Andei uns 4 quarteirões perto do hotel, bem no centro de San Jose. Muita gente na rua, aquela paranóia por tomar cafés gigantes enquanto andam. Fui ao Walgreens e, desta vez, nao consegui comprar o mundo de Tylenol que o Faure me pediu: a farmácia só abria às 9h! (eram 7h30). Mais Altoids e balinhas, de volta ao hotel para o check-out e esperar o transfer pro aeroporto.
No Norman Mineta (o aeroporto internacional) cheguei às 8h50. Check-in no balcão (por conta da mudança na data da viagem) e muitas horas de espera. Nada de dormir agora, para chegar cansado em Dallas e dormir na volta para São Paulo. Viva, então, o wireless no notebook. Por ser a capital do Silicon Valley, tem gente online e no celular (ou seja, falando sozinha) a todo momento.
As lojinhas do aeroporto vendem aquelas tralhas básicas de qualquer aeroporto: camisetas (minha favorita, mas não vou pagar 20 dolares, é a do Governator Arnold), canecas, chocolates (não comprei nenhum Ghirardelli desta vez), ursinhos patriotas e toda bobagem. Ainda preciso comprar uma Wired e uma Spin (mais encomendas!) e um perfume pra Rê (mas esse só no free shop de sp). Daqui a pouco vou almoçar (grandes escolhas: burger king, pizza ou tacos), pra reconectar apenas em casa de novo. Até mais.

Um comentário:

O`Marin disse...

Boa viagem de volta Henrique!!